O novo Ford Ka é um dos populares mais econômicos do mercado

11/10/2017 ford ka

O Ford Ka não é nenhum carro “jovem” lançado nos anos 2010, não. Esse modelo de entrada é veterano: já são duas décadas de presença no mercado brasileiro de carros. O hatch é comum nas ruas, em qualquer uma de suas versões. A economia de combustível, principalmente a partir da terceira geração, impressiona — fora o fato de o Ka ter ficado muito mais bonito e estiloso a partir dessa versão.

Nesses vinte anos de trajetória, foram lançadas três diferentes versões do Ka. A primeira, de 1997, vendeu pouco. Considerado muito apertado e, desculpe-nos os proprietários, feio, seu melhor ano de comércio fora 2007 — um ano antes do lançamento da segunda geração —, com 29.329 unidades vendidas. Nada perto das 64.884 unidades da segunda versão no ano de lançamento. Nos dois anos seguintes ao primeiro ciclo de vendas, o segundo Ford Ka ainda conseguiu superar o número de 80 mil unidades vendidas. Finalmente tinha caído no gosto dos consumidores brasileiros. Entretanto, quem realmente fez sucesso no mercado foi a última e mais recente geração: 90.190 Ford Ka’s foram vendidos em 2015, o primeiro ano completo de vendas da terceira versão do modelo norte-americano.

O novo Ford Ka é um dos carros populares de maior apelo no mercado atualmente. Confira o post abaixo para saber o porquê e traga o seu Ka para uma avaliação de carros usados gratuita!

O mercado do Ford Ka

O modelo entrada da Ford chegou às concessionárias como novo Ford Ka, com a promessa de ser um veículo muito melhor do que a sua versão anterior. Mais espaçoso e com um desempenho muito mais atrativo, os diretores da montadora o lançaram com a expectativa de ganharem força no mercado da categoria. Deu certo. Já com anos de bagagem, o novo modelo do Ford Ka atualmente é um dos modelos mais vendidos do mercado. Em 2016, ficou na terceira posição geral, com 76.616 unidades vendidas ao longos dos 12 meses. Mesmo no ano de lançamento, em dezembro, mês de maior movimento do mercado, o Ka atingiu um número expressivo de vendas: 12.720 unidades vendidas.

Por ser um dos carros mais econômicos dentre os populares e ter um dos melhores desempenhos, o Ford Ka é super bem visto não só pelos consumidores, mas também pelas concessionárias e lojistas. Vender um modelo desses costuma ser fácil, pois todas as lojas têm interesse em abastecer seus estoques de usados. Até setembro de 2017, o Ford Ka manteve o desempenho do ano anterior e se estabeleceu na terceira posição geral das vendas do setor, atrás apenas do Hyundai Hb20 e do Chevrolet Onix.

O Ford Ka já não possui a mesma aparência de antes: um carro minúsculo, com pouco espaço e nenhum estilo. O modelo novo desperta a atenção de todos, devido às melhoras no pontos críticos da última geração. Portanto, quem o possui com certeza não deve encontrar dificuldades para conseguir bons preços de carros em uma futura venda.

Custo/manutenção do Ford Ka 

A montadora americana lançou o Ford Ka para vender um carro que fosse um dos mais econômicos da categoria e do mercado em geral. A proposta era de trazer um veículo que aliasse desempenho com economia. Para fazer a Ford voltar a ter força na categoria, era necessário desenvolver um modelo extremamente vantajoso, a fim de conquistar a confiança dos consumidores. Logo de cara, um fator importante o fez decolar nas vendas: a média de consumo de — na cidade! — 13,8 km/h na gasolina.

A economia mais aparente para quem possui um carro é o dinheiro gasto com combustível. Claro que há vários outros fatores econômicos que devem ser considerados para calcular os gastos do carro, mas o combustível é realmente o mais palpável. Nesse caso, o Ford Ka sai na frente de vários concorrentes: segundo dados do Inmetro de 2017, o Ka é o oitavo carro mais econômico do país. Para melhorar ainda mais: segundo um levantamento feito pela loja especializada em serviços automotivos e autopeças Caçula Pneus em 2014, o Ford Ka foi lançado sendo o carro que menos demanda gasto com serviços de manutenção. De acordo com seus cálculos, são necessários em torno de R$ 632 por ano para manter o Ford Ka nos conformes mecânicos.

Ou seja, além de possuir uma forte presença de mercado e ser econômico com o gasto de combustível, sua manutenção é uma das mais baratas disponíveis no Brasil. O Ford Ka definitivamente possui um dos melhores custos/benefícios do mercado.

Avaliação Instacarro de venda

Aquele Ka pequeno, sem estilo e com pouco desempenho realmente ficou no passado. Em 2014, a Ford acertou em revitalizar o modelo e lançar a sua nova geração, muito mais econômica e com melhor desempenho. Atualmente, os modelos de Ford Ka consegue atingir acima de 15 km/L na estrada utilizando gasolina. É um dos melhores consumos do mercado, e isso atrai a atenção de quem pretende trocar o automóvel por um dos melhores carros populares. A manutenção também é uma das mais baratas, melhorando ainda mais o custo-benefício do Ford Ka.

Esses são apenas alguns dos motivos que fazem o modelo de entrada da montadora norte-americana se dar bem no mercado. Considerando tudo isso, o Ford Ka recebe nota máxima na avaliação Instacarro de venda, qualificando-o como um carro com forte apelo de mercado, tanto na venda quanto na revenda.

Então, sendo o Ford Ka um carro bom de se vender, o proprietário pode fazer isso de forma rápida e sem dor de cabeça pela Instacarro. A empresa oferece uma estrutura que vai desde a captação de lojistas até as oficinas especializadas em avaliar o valor do carro. Comparecendo em um dos pontos de avaliação dos carros, o dono do carro obtém um preço final justo para o seu Ka e, então, o automóvel é oferecido a diversas concessionárias e lojistas de todo o Brasil.

Venda o seu Ford Ka em 3 passos

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *